sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Papo de Contabilidade,...

como retificar o ECF – Escrituração Contábil Fiscal.


Quando retificamos a ECF - Escrituração Contábil Fiscal é necessário verificar a necessidade de atualizar os saldos dos anos posteriores, para isso temos até 5 anos para proceder essas alterações. Por exemplo, se hoje retificarmos uma ECF do ano-calendário de 2015, devemos retificar tambem o ano de 2016.

O campo 12 do registro 0000 (0000.RETIFICADORA) deve estar preenchido com “S” (ECF Retificadora), devemos executar o seguinte procedimento:

1 – Exportar o arquivo da ECF original;
2 – Abrir o arquivo da ECF exportado em um programa tipo “Bloco de Notas”;
3 – Se o arquivo é o que foi assinado, remover a assinatura. A assinatura é um conjunto de caracteres “estranhos” que fica após o registro 9999. Basta apagar tudo que fica após tal registro. Para fazer isso, edite a escrituração com algum editor de texto do tipo “Bloco de Notas”.
4 – Alterar o campo 12 do registro 0000 para “S” (ECF retificadora) – também é possível fazer as correções neste momento, mas caso prefira fazer no próprio programa da ECF, salve o arquivo;
5 – Importar o arquivo da ECF retificadora;
6 – Fazer a correção dos dados no programa da ECF;
7 – Validar;
8 – Assinar; e
9 – Transmitir a ECF retificadora.
...

o que vai acontecer com o SIMPLES NACIONAL 2018.

Com o advento da LC 155/16 o Simples Nacional requer alguns cuidados com relação aos seus cálculos e regras:

O Simples Nacional teve seu limite alterado de R$ 3.600.000,00 para R$ 4.800.000,00 e para o MEI esse faturamento passou de R$ 60.000,00 para R$ 81.000,00 ano.

As empresas do Simples Nacional que prestam serviços, atualmente estão enquadradas entre os anexos III a VI. A LC 155/16 alterou alguns enquadramentos dessas empresas e é importante saber como enquadrar a atividade de acordo com o anexo.

O anexo VI não existirá mais em 2018, as suas atividades estarão enquadradas dentro do anexo V do Simples Nacional, salvo as atividades de arquitetura e urbanismo, medicina, inclusive laboratorial, e enfermagem, odontologia e prótese dentária, psicologia, psicanálise, terapia ocupacional, acupuntura, podologia, fonoaudiologia, clínicas de nutrição e de vacinação e bancos de leite que foram passadas para o anexo III.

O anexo V atualmente vigente no Simples Nacional teve suas atividades movidas para o anexo III.

No ano de 2018 não serão mais usadas 6 tabelas com 20 faixas de enquadramento cada, serão 5 tabelas (5 anexos), com 6 faixas de enquadramento cada, diferentes do que é hoje, pois neles temos novos dados que serão usados no cálculo, como a parcela de dedução, o cálculo será feito de maneira diferente.

Aconselho que leia com calma a LC 155/16, veja as mudanças com relação as regras atuais, você estará mais preparado para responder as dúvidas que seus clientes.

O empresário e o contador precisam verificar se vale a pena a empresa permanecer no ano de 2018 no Simples Nacional, pois com essas mudanças pode ser que o Simples deixe de ser uma opção vantajosa.
...

Uma outra mudança relevante no cálculo do Simples Nacional para o ano de 2018 foi com relação a majoração de alíquotas, que não afeta apenas o cálculo do Simples quando a empresa ultrapassa o limite anual de faturamento de 3.600.00,00, previsto até o momento, mas também a questão dos sublimites para o ISS e o ICMS que muitos estados adotam.

Todos os estados adotarão sublimites para fins de recolhimento de ISS e ICMS a partir de 2018, e os estados que não tem um sublimite definido, terão de usar o sublimite de 3.600.000,00. 

A empresa pode faturar no ano até 4.800.000,00, mas o seu faturamento para fins de ICMS e ISS não poderá ser maior que 3.600.000,00 ou o sublimite que o estado do contribuinte adotar.

Caso o contribuinte não ultrapassar o limite previsto em mais de 20% ficará impedido de recolher o ISS e o ICMS só no ano-calendário seguinte, e se passado esse sublimite, fica desenquadrado para fins de recolhimento do ISS e do ICMS já no mês seguinte.

No caso de início de atividade, a regra também não muda, sendo estes efeitos retroativos ao início da sua atividade, temos que observar que elas seguem a regra da proporcionalidade durante seu primeiro ano, ou sejam sempre é considerado 1/12 avos do sublimite estabelecido, e multiplicado pelo número de meses de funcionamento no ano.

Não houve mudanças no sublimite com relação a regra para empresas que se utilizam do regime de caixa, elas continuarão usando o regime de competência para verificação da receita do ano-calendário.

Para as empresas que ultrapassem o sublimite estadual e o sublimite geral (4.800.000,00), o que muda é que no mês em que ocorreu esse fato, não precisará mais majorar em 20% as alíquotas máximas da tabela. O contribuinte vai ter de usar as faixas máximas da tabela, mas com a alíquota efetiva encontrada, sem precisar aumentar a mesma em mais 20%.


Igualmente para o sublimite estadual, não precisará, quando passado o sublimite em menos de 20%, ter a alíquota de ISS ou ICMS máxima da tabela aumentada em 20%, usa a alíquota máxima já definida para esses impostos.
Bom dia!


Quando se dá um “Bom dia!” a alguém é como se estivesse criando uma aura de positividade, em torno de você e da vida, desejando ao próximo você recebera em troca, essa é a lei da reciprocidade. O “Bom dia!” é a oração mais curta que você pode fazer para abençoar uma outra pessoa.

terça-feira, 6 de junho de 2017

Abandono e descaso ameaçam escolas históricas de Santos

Graves problemas estruturais e ociosidade ameaçam unidades de ensino que marcaram gerações

Imóveis depredados e com graves problemas estruturais. É nessa situação que estão importantes equipamentos de ensino que marcaram gerações em Santos. Parte deles está ociosa e aguarda definição de uso e ocupação. Outros, como é o caso do prédio da Escola Técnica Estadual Dona Escolástica Rosa, são temas de recorrentes reportagens sobre o descaso e os perigos existentes.
O prédio onde hoje está instalada a Etec Dona Escolástica Rosa, na Ponta da Praia, em Santos, coleciona problemas. Denúncia do Diário do Litoral apontou que boa parte do telhado do prédio corre risco de desabamento. Na fachada, os beirais do telhado encontram-se quebrados, as grades do muro estão completamente corroídas, o corredor que dá acesso ao pátio possui várias infiltrações, a pintura está descascada com mofo e as ferragens estão completamente enferrujadas e tetos das classes estão comprometidos. Os prédios anexos também estão em estados deploráveis.
Em nota, o Centro Paula Souza afirmou que o imóvel pertence à Santa Casa de Santos. Após assinatura de Termo de Ajustamento de Conduta com o Ministério Público, no mês de março, a Santa Casa ficou responsável pela reforma e as obras já estão em andamento.
Outro prédio que está na responsabilidade do Centro Paula Souza é o da antiga escola Acácio de Paula Leite Sampaio, na Vila Nova, em Santos. No final de 2013, a Prefeitura de Santos encerrou os cursos técnicos oferecidos na escola municipal e anunciou um convênio com o Centro Paula Souza para a instalação de uma Etec no prédio. A ideia era que os cursos tivessem início no primeiro semestre de 2015, no entanto, até o momento não foi levada adiante.
A assessoria do Centro Paula Souza afirma que o projeto de reforma e adequação das instalações da escola Acácio de Paula Leite Sampaio para implantação da terceira Etec do município está sendo analisado pela ­instituição.
Com vidraças quebradas, o prédio que chama a atenção pela arquitetura - para entrar na instalação, que foi construída abaixo do nível da calçada, é necessário descer um lance de degraus – segue fechado.
Canadá
Criado por decreto em agosto de 1934, o Colégio Canadá foi o primeiro ginásio estadual de Santos e da Baixada Santista. Por iniciativa da Prefeitura de Santos, foi construída sua sede própria e inaugurada oficialmente em 28 de agosto de 1937, em terreno doado pela Companhia ­canadense The City.
Em suas instalações abriga um teatro de palco italiano, o mesmo que revelou grandes atores e dramaturgos que se consagraram no teatro nacional. Tanto o teatro quanto as demais dependências da escola estão sucateadas. Ainda na área externa é possível ver pontos de mofo.
A Diretoria de Ensino de Santos esclarece que já foi solicitado para a Fundação de Desenvolvimento da Educação – FDE a proposta atualizada para uma grande obra de restauro, visto que o prédio é tombado pelos órgãos de patrimônio. O órgão aguarda a aprovação do Conselho de Defesa do Patrimônio Cultural de Santos (Condepasa).
Sem verba, Unifesp adia reforma no terreno do antigo Docas
Fundada em 1907 pela Associação Beneficente Docas, a escola Docas de Santos, instalada na Rua Campos Melo, 130, é o retrato do abandono. O imóvel passou para a Prefeitura de Santos em 1994, mas foi fechado em 2005, após desapropriação do prédio em meio a um imbróglio entre a associação e a municipalidade. O terreno com os restos da estrutura da escola foi doado no início de 2016 para a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), que pretendia começar a erguer ainda no segundo semestre do ano passado um prédio de sete andares, o que não aconteceu.
No endereço, o muro alto e repleto de árvores esconde a visão plena das ruínas da antiga escola. A equipe do Diário do Litoral não foi autoriza a fazer fotos do interior do imóvel. O terreno com 27,5 metros de frente e 61 metros de fundos tem valor venal de R$ 2,3 milhões e deve ter a fachada e o telhado – parcialmente destruídos – preservados na obra.
Em nota, Prefeitura de Santos informou que de acordo com o art. 2º da Lei, a Universidade tem o prazo de 10 anos para concluir a construção de um edifício no imóvel, e o prazo de três anos para dar início às obras de engenharia, a partir da lavratura da escritura pública. “Como esta se deu em 18 janeiro de 2016 a Universidade está dentro do prazo legalmente previsto para iniciar as obras. Nos termos do art. 4º da Lei, apenas se a UNIFESP descumprir esses prazos, ou der ao imóvel destinação diversa da estipulada na lei, é que o Município poderá adotar medida em face da Universidade”, destaca a nota da ­Administração.
Já a Unifesp afirma que o Projeto Executivo está em finalização (conclusão prevista para agosto/17) e aguardando aprovações da Prefeitura e Bombeiros. Destaca ainda que não há orçamento específico para a obra repassado pelo MEC e que o valor de investimentos e obras da universidade foi reduzido de 2016 para 2017 em 46%. E além disso, do orçamento já reduzido, 30% ainda foram cortados.
A universidade está em negociação com o governo federal para que o orçamento seja integralmente liberado em 2017 e recomposto para 2018. Também está com grupo de trabalho para captação de recursos via doações, parcerias, leis de incentivo e agências de fomento. “Deste modo, segue sem prazo para a licitação da obra, com valor previsto de 40 milhões de reais”, finaliza a nota.
Fonte: Diário do Litoral








segunda-feira, 29 de maio de 2017

A Riqueza da Oportunidade


Ninguém está limitado a uma única chance na vida.
Cada novo dia traz consigo um novo começo.
Existem muitas oportunidades novas excitantes durante o período de uma vida, mas temos que procurar por elas.
Não faz o menor sentido esperar que uma oportunidade se apresente, é a mesma coisa que ficar parado no meio de um parque com as mãos estendias para o ar, esperando que uma bola caia dentro delas.
A oportunidade não vem atrás de você, você é que tem que ir atrás dela.
Sabemos todos os dias, através da TV, do rádio ou dos jornais, de novas descobertas, que atestam o talento e a capacidade demostrada por uma pessoa comum, no mundo dos esportes, da música, da literatura, da tecnologia, da medicina, da ciência e das artes.
Muitos, no entanto, pensam que esses talentos existem somente nos outros e nunca neles mesmos, apesar de serem, também, pessoas comuns.
Toda pessoa comum é excepcional quando encontra a oportunidade certa, uma oportunidade criada, feita ou adquirida por ele mesma.
Mas, na maioria das vezes, perdemos o barco, e outra pessoa agarra a chance que poderia ter sido nossa.
Essa oportunidade está submetida à lei do universo, que engloba o domínio de causa e efeito.
Se não a conseguimos procurar, não a conseguimos ver.
Aqueles que acreditam que é preciso "ver para crer" viverão suas vidas deixando passar uma oportunidade atrás da outra.
Com a mente aberta, podemos começar a reconhecer a oportunidade ilimitada que existe em torno de nós.
Precisamos olhar para o presente e o para o futuro.
Precisamos ver o carvalho enquanto ele ainda é uma bolota, a flor enquanto é uma pequena semente e um raio em sua centelha.
Precisamos ver a abundância onde a maioria vê a ausência.
Como disse Marcel Proust:
A verdadeira viagem consiste não em buscar novas paisagens, mas em ter novos olhos.
Se você ficar sempre esperando pela oportunidade, desculpando-se por não fazer nada para que ela aconteça, chegará à última desculpa de todas - "estou velho demais agora".
Até o dia da sua morte, sentirá que o mundo esta contra você, que seu gênio não recebeu o reconhecimento merecido e que as pessoas que venceram conseguiram isso através da "sorte" ou da "influência".
A única diferença entre um milionário e você é você.
Eis o seu pior e mais eficiente inimigo.
Nenhuma força na terra pode impedir o seu progresso com tanta eficácia e implacabilidade quanto você. Só conseguirá avançar quando compreender seu potencial ilimitado e reconhecer que as oportunidades estão na sua frente, esperando que você decida o que fazer com elas.

- Trecho extraido do livro "Nascido para o Sucesso" - Colin Turner

terça-feira, 2 de maio de 2017

Cem recomendações para a vida...


  1. Descubra seu maior defeito e disponha-se a corrigi-lo.
  2. Escolha até três exemplos de vida e determine-se a segui-los.
  3. Tenha força e sabedoria para resistir às tentações do mundo.
  4. Cultive a força da tolerância de forma a compreender, aceitar, assumir responsabilidades, ter determinação e melhorar as circunstâncias externas. Então, passe a cultivar a tolerância pela vida, a tolerância por todos os darmas e a tolerância pelos darmas não-surgidos de maneira a transformar o cultivo da tolerância em força e sabedoria.
  5. Aprenda a se adaptar à pressão externa e não se deixe afetar por ela.
  6. Seja ativo e destemido. Pense antes de agir.
  7. Envergonhe-se do que ignora, do que é incapaz, do que o torna impuro e rude.
  8. Faça com freqüência algo que toque o coração das pessoas.
  9. Sinta-se bem sob qualquer circunstância, siga as condições corretas, esteja sempre livre de aflições e faça tudo com alegria no coração.
  10. Ser corajoso e virtuoso é ter a capacidade de admitir os próprios erros.
  11. Aprenda a aceitar perdas, falsas acusações, contratempos e humilhações.
  12. Não inveje aqueles que praticam boas ações ou dizem boas palavras. Tenha sempre na mente, bondade e beleza.
  13. Não empurre os outros para a beira do abismo; ao contrário, dê-lhes espaço para recuar -- um dia eles poderão lhe ajudar.
  14. Sirva àqueles que desejam fazer o bem, compartilhe um objetivo. Favoreça os outros e respeite seus anseios.
  15. Seja amável e humilde ao relacionar-se com as outras pessoas. Expresse bondade em seu semblante e em sua fala.
  16. A capacidade de doar traz abundância verdadeira.
  17. Importe-se apenas com o que é certo ou errado; não se fixe em perdas e ganhos.
  18. Deixe de lado pensamentos egoístas e dedique-se à justiça, à verdade e ao bem comum.
  19. Viaje pelo mundo sob o céu estrelado. Vivencie a prática da procissão de mendicância pelo menos uma vez na vida.
  20. Abra mão de todas as suas posses ao menos uma ou duas vezes na vida.
  21. A cada quatro ou cinco anos, empreenda uma viagem sozinho.
  22. Não se deixe cegar pelo amor. Não se traia por dinheiro.
  23. Não bata de frente com as coisas – aprenda a arte de ser sutil.
  24. Não há êxito sem persistência, diligência e determinação.
  25. Desenvolva autoconfiança, expectativas em relação a si mesmo e metas pessoais.
  26. Procure ouvir boas palavras e jamais esqueça o que elas significam.
  27. Não desperdice o seu tempo. Faça planos e use o tempo com sabedoria.
  28. Seja sempre sensato, pois a sensatez é imparcial e igual para com todos.
  29. Lembre-se dos erros cometidos. Tenha-os sempre em mente para não repeti-los.
  30. Seja qual for a sua função, desempenhe-a bem. Não olhe para os lados.
  31. Faça tudo com boa intenção, verdade, sinceridade e beleza.
  32. Não se apegue ao passado. Olhe sempre adiante.
  33. Lute sempre pelos seus objetivos e vá longe.
  34. Planeje sua carreira, use seu dinheiro com sabedoria, purifique seus sentimentos e não se apegue a fama e riqueza.
  35. Desenvolva compreensão e visão corretas. Não se deixe levar cegamente pelos outros.
  36. Renuncie a apegos insensatos e aceite a verdade com mente humilde.
  37. Não faça intrigas nem espalhe rumores. Não se deixe influenciar por eles.
  38. Aprenda a desenvolver sua mente, reformar seu caráter, recuar e dar guinadas na vida.
  39. Cultive méritos por meio de doações que estejam de acordo com sua capacidade, função, disposição e condição.
  40. Creia profundamente no Darma e contemple todas as virtudes. Nunca faça o mal; pratique sempre o bem.
  41. Não culpe os céus nem os outros por sua infelicidade, pois tudo tem sua causa e seu efeito.
  42. Pense no bom e belo ao invés de pensar no que é triste e penoso.
  43. Conquiste ao menos três tipos de habilitação ao longo da vida, como, por exemplo, para guiar automóveis, cozinhar, digitar, cuidar de enfermos, exercer a medicina, o magistério, o direito, a arquitetura etc.
  44. Aprenda a articular bem a fala e a escrita. Aprenda a ouvir, a apreciar, a pensar, a cantar, a pintar e a desenvolver habilidades. Quanto mais se aprende, melhor. Aprenda, ao menos, metade disso tudo.
  45. Leia ao menos um jornal por dia, para se manter em dia com o mundo.
  46. Leia pelo menos dois livros por mês.
  47. Mantenha uma rotina diária.
  48. Cultive hábitos regulares de sono e alimentação.
  49. Pratique exercícios físicos.
  50. Mantenha-se longe de cigarro, álcool, pornografia e drogas. Administre e controle sua própria vida.
  51. Pratique meditação por, pelo menos, dez minutos todos os dias.
  52. Passe, pelo menos, metade de um dia sozinho, uma vez por semana.
  53. Ao menos uma vez por mês, pratique o vegetarianismo, para nutrir seu coração de compaixão.
  54. Ajude os outros e faça o bem sem esperar nada em troca.
  55. Compartilhe sua alegria e compaixão com os demais.
  56. Mantenha a capacidade de se auto-avaliar sob qualquer circunstância.
  57. Reze pelos desafortunados, onde quer que você esteja.
  58. Seja preciso em suas observações. Considere todos os ângulos e seja tolerante e compreensivo em relação aos outros.
  59. Aprecie a vida, cuide dela e não a maltrate jamais.
  60. Use seu dinheiro e suas posses com sabedoria. Não desperdice nem gaste demais.
  61. Em tempos de alegria, contenha a sua fala; no infortúnio, não despeje sua raiva sobre os outros.
  62. Não enalteça seus próprios méritos nem aponte os erros alheios.
  63. Não inveje nem suspeite. Méritos advêm das realizações e da ajuda aos outros.
  64. Não seja ganancioso em relação às posses alheias, nem mesquinho em relação às suas.
  65. Demonstre coerência entre atitude e pensamento. Não seja iluminado na teoria e ignorante na prática.
  66. Não fique sempre pedindo ajuda aos outros. Busque ajuda dentro de si mesmo.
  67. Faça de sua própria conduta um bom exemplo. Não espere benevolência dos outros, mas de si mesmo.
  68. Cultivar bons hábitos é a melhor maneira de manter uma vida íntegra e saudável.
  69. É melhor ser não-inteligente do que não-compassivo.
  70. A mente otimista é contemplada com um futuro brilhante.
  71. Construa seu próprio destino. Corra atrás das oportunidades ao invés de esperar que elas caiam do céu.
  72. Controle suas emoções e seu humor: não se deixe levar por eles.
  73. Elogio e ofensa fazem parte da vida. Não se apegue a eles – conserve sempre a paz interior.
  74. A doação de órgãos ajuda a prolongar a vida além de propiciar recursos para as vidas de outros seres.  
  75. Ouça o que os outros têm a dizer e anote a essência do que eles dizem.
  76. Olhe para si mesmo antes de acusar os outros. Somente uma avaliação honesta de seus méritos e deméritos lhe dá o direito de julgar os demais.
  77. Cumpra suas promessas.
  78. Não viole o direito dos outros para beneficiar a si próprio. Favorecer os demais, às vezes, é imperioso.
  79. Não sinta prazer em ridicularizar os outros. Ao contrário, aprenda a fazê-los felizes.
  80. Não critique, por inveja, a benevolência do outro. Respeite-o e siga seu bom exemplo.
  81. Não use de traição para obter vantagens.
  82. Os privilégios devem, antes de tudo, ser oferecidos às outras pessoas.
  83. Aprenda a aceitar as desvantagens. Saiba que, na verdade, elas são vantagens.
  84. Não se apegue a perdas e ganhos. Não faça comparações entre o que você e os outros têm ou deixam de ter.
  85. Seja sincero, impetuoso e educado.
  86. Harmonia, paz e tranqüilidade são a chave para o relacionamento com as pessoas.
  87. Respeito, reverência e tolerância são a tríade para manter boas relações com o mundo.
  88. A raiva não resolve problemas. Somente uma mente tranqüila e pacífica pode ajudar você a lidar com a vida.
  89. Relacione-se com pessoas virtuosas e bons mestres.
  90. Não contamine os outros com sua tristeza, nem leve preocupações para a cama.
  91. Busque prazer e alegria em tudo o que faz, e transmita isso a todos.
  92. Seja grato aos benevolentes e aos que prestam auxílio. Deixe-se tocar por seus atos virtuosos.
  93. Dê um toque de serenidade a tudo o que você fizer na vida.
  94. Não existe dificuldade ou facilidade absolutas. O esforço transforma dificuldade em facilidade, enquanto a indolência torna o fácil difícil.
  95. Ajude seus vizinhos e sua comunidade e participe dos eventos locais. Assim, você se tornará um voluntário da humanidade.
  96. Só a humildade gera o bem. A arrogância não traz nada mais que desvantagem.
  97. Aproxime-se de mestres virtuosos. Ouça-os, seja leal e não os desacate.
  98. Ajudar os outros é ajudar a si mesmo. Ter consideração pelos outros significa cuidar e amar a si próprio.
  99. Dê aos jovens oportunidades e ofereça-lhes orientação sempre que necessário.
  100. Cuide de seus pais e seja amoroso com eles.

Venerável Mestre Hsing Yün

sexta-feira, 2 de setembro de 2016

Dicas para elaboração do CurriculumVitae

O curriculum vitae é o primeiro passo para a contração do profissional nas empresas, em seguida virá a entrevista e as provas de conhecimento técnico profissional.

Curriculum vitae vem do latim e significa a trajetória da vida profissional de uma pessoa, também conhecido como CV, apresenta em um documento o histórico que relata a trajetória educacional/acadêmica, as experiências profissionais e as principais habilidades e competências de um candidato a determinado cargo de uma empresa.

É muito importante que o curriculum vitae seja feito e aperfeiçoado pela própria pessoa, mostrando que conhece o seu potencial e vai vender a empresa uma imagem que ele mesmo vai defender na entrevista e durante a sua contração, caso isso venha a acontecer.

Em primeiro lugar o candidato ao emprego deve fazer a sua apresentação com nome completo, e-mail e os dados pessoais relevantes para o contato da empresa.

Fulana de Tal

Rua Silva da Silva, 99 Brasileira
Jardim Luz – São Paulo/SP Cep 11333-850 Solteira
Fone (11) 1111-1111 28 anos

Em seguida aconselho a criar um item onde o candidato possa mostrar a empresa o seu perfil profissional baseado nas suas qualificações.

Principais qualificações:
  • Facilidade do atendimento ao público e trato com pessoas.
  • Conhecimentos básicos de informática como usuário.
  • Habilidade em cálculos matemáticos e estatísticos.
  • Bom desempenho em trabalhos em grupo e relações interpessoais.
  • Experiência na organização e controle de documentos.
A partir daí deve relacionar a escolaridade ou formação acadêmica do candidato, como preferir, nesse caso deve ser objetivo mencionando claramente o nome completo a instituição, o curso no qual se formou ou esta cursando e o ano de formação (pode ser omitido aquele que não interessar para a empresa, no caso abaixo por exemplo, escolher uma das funções em virtude da sua incompatibilidade):

Formação acadêmica:
ESCOLA ACACIO
Técnico em Logística – 2012

FACULDADE DE CIENCIAS MÉDICAS
Técnico em Raio X – 2008

O próximo passo é mostrar de forma objetiva a trajetória profissional, mencionando claramente o nome completo da empresa, sua admissão, rescisão e cargo ocupado (caso o candidato queira apresentar algum projeto do cargo que possa vir a ajudá-lo na análise do se currículo, pode fazê-lo.

Experiência profissional:
COMPANHIA DE SANEAMENTO DA BAIXADA SANTISTA – SABESP
Maio/2001- julho/2006 – Técnico em Informática
(Acompanhando projetos junto ao setor de divulgação da empresa na elaboração de folders, banners e arte final de campanhas educacionais relacionadas a empresa)

REFINARIA PRESIDENTE BERNARDES DE CUBATÃO - PETROBRAS
Agosto/2006 – presente data – Assistente de Marketing
(Suporte técnico aos usuários de informática no uso de computadores e aplicativos: processadores de textos e planilhas de cálculo).

É importante mostrar os cursos de extensão educacional e aperfeiçoamento profissional, como cursos extracurriculares, podendo ser resumido em um texto caso o candidato tenha muitos cursos relacionados ao mesmo assunto, devendo ter os comprovantes para apresentação, caso seja solicitado pela empresa.

Cursos extracurriculares:
  • Diversos cursos de atualização na área de informática, como: processador de textos, planilhas de cálculo e software de apresentação.
  • Seminários e Palestras relacionados a administração e empreendedorismo;
  • Curso de aperfeiçoamento na Tecnodata Treinamentos sobre Servidor Linux com 60 horas de duração.
  • Curso de Departamento Pessoal no Sindicato dos Portuários de Santos – SINTAPORT com 120 horas de duração.

Deixar um item para os idiomas, caso o candidato tenha estudado outra língua:

Idiomas:
  • Inglês intermediário.
  • Espanhol fluente.

Poderá a critério do candidato mencionar trabalhos voluntários e outras qualificações que achar que de alguma forma possa vir a causar uma boa impressão a empresa contatante com relação ao seu perfil profissional.

Outras aptidões e trabalhos voluntários:
  • Voluntário da CMS – Casa do Menor de Santos dedicando 1 domingo por mês para trabalhos de acompanhamento junto aos internos na instituição.
  • Participação do grupo de teatro da PMS durante maio/2007 até a presente data.
  • Praticante de caraté (faixa preta).

O curriculum deve ser datado, o que permitirá que a empresa se oriente, bem como, o candidato possa sempre revisar e atualizar o conteúdo do seu curriculum, alguns especialistas sustentam a tese de que para um curriculum ficar bom demanda muito tempo e dedicação da pessoa que o elabora, não deve ser feito e concluído, deve ser aperfeiçoado sempre.

Santos, maio de 2016

Outras Dicas:

Ser objetivo e claro é muito importante, não errar no português é fundamental, descarte tudo o que não interessar para a empresa ou que não esteja relacionada a área específica.
Caso tenha muitos item de determinado assunto, inclua apenas os mais recentes evitando assuntos já sem utilização prática.
Não utilizem formatações, letras ou cores diversas, pode causar uma impressão não profissional.
Revise sempre e peça a opinião de alguém mais experiente.
Não indique redes sociais (facebook) que não mostre o seu perfil mais adequando para a empresa, pode ser fatal, e-mail como gostosodalapa1@gmail, nem pensar.
Nunca insira informações que não possa comprovar, pode causar constrangimento quando a empresa pedir a comprovação ou pesquise sobre você.



Prof. Sebastião Vitorino Almeida

quarta-feira, 27 de julho de 2016


O CRC/SP com este debate reconhece que a forma como foi imposta a limitação ao Técnico em Contabilidade foi um ledo engano, que o bacharel não pode e não vai fazer tudo o que existe na Contabilidade, já se ouve falar que se o técnico trabalhar nos setores fiscal e de pessoal não tem problema.

Então estamos fragmentando a Contabilidade para permitir a atuação do técnico que existe hoje no mercado, limitamos o mercado de trabalho do técnico ao mesmo tempo em que não sabemos se ele pode continuar exercer a profissão em outros setores mesmo sabendo que o setor contábil não emprega 10% dos profissionais que optam por essa profissão.

Entendo que isso limita a área contábil em apenas a contabilidade escritural, deixando de fora outros setores dentro da Contabilidade e que converge para a atividade contábil, logo teremos o técnicos em escrituração fiscal, técnicos de departamento pessoal para ocupar o espaços deixados pelo extinto técnico em  contabilidade, e pergunto: ai pode? O que aconteceu então?

Aconteceu que agora não existem mais escolas de contabilidade para jovens adolescentes iniciar na profissão, aconteceu que milhares de pessoas que poderiam ter uma iniciação profissional acessível agora tem que fazer faculdade sem condições financeiras para isso, aconteceu que muitas escolas gratuitas que eram mantidas por prefeituras fecharam as portas, e agora temos milhares de jovens sem mais essa opção para exercer sua cidadania.

Não sou contra que o Bacharel em Contabilidade tenha que ter seu registro diferenciado e os privilégios pelos quais lutou e estudou, questiono a forma como foi feita, simplesmente para acabar com uma profissão secular e com um espaço que jamais será suprido sem consequências danosas  e a principal delas é entregar nossas atividades a outras profissões.
...